ni ala, ni viento



hoy, yo soy la abstracción de los azules...
una mariposa sin color

un vuelo. solo.








e com esse poema eu me despeço por esse mês...
para minhas andanças pelos andes...

                                                   contrabandear poesia

                                                                                   ...mascar as folhas frescas de um novo tempo

voltar outro; mesmo; eus...
 
                                                                                       com mais línguas... e com menos fronteiras
 
 
 
.

2 comentários:

  1. Mais linguas, menos fronteiras e muita poesia sempre. Bon voyage!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lillian!

      amém e amemos, querida! evoé!!!

      Excluir

graças pela partilha!

licença creative commons
este trabalho de rafa carvalho, foi licenciado com uma licença creative commons - atribuição - não comercial - compartilha igual 3.0 não adaptada.