ON THE ROCKS

 .
 .
entrou no bar, sentou no balcão e pediu:

um poema triste.      três pedras de gelo.

quando o atendente lhe trouxe o pedido
                                                 [já havia afrouxado a gola da camisa

desabotoou mais uns
                                  dois
                                            três
                                                     botões...


despejou tudo no peito

                                                e

                                                                    desapareceu na fumaça
.
.
.

2 comentários:

  1. "desapareceu na fumaça..."
    Tramposo! no lo podia ver! XD
    Abrazooo, segui escribiendo asi!

    ResponderExcluir
  2. Uau!! Quanta produção desde a última vez que estive aqui.
    É poesia Rafa, pra despejar no peito, se deixar envolver e desaparecer (com pedrinhas de gelo pra esfriar a cabeça e refrescar a alma!)

    ResponderExcluir

graças pela partilha!

licença creative commons
este trabalho de rafa carvalho, foi licenciado com uma licença creative commons - atribuição - não comercial - compartilha igual 3.0 não adaptada.